O que é um site de raspador? - A resposta de Semalt

Um site de raspador é o site que copia o conteúdo de outros blogs e sites usando algumas técnicas de raspagem da web. Esse conteúdo é espelhado com o objetivo de gerar receita, seja através de publicidade ou vendendo os dados do usuário. Vários sites de raspadores diferem por formas e tipos, desde sites de conteúdo de spam até agregação de preços e pontos de venda na Internet.

Diferentes mecanismos de pesquisa, especialmente o Google, podem ser considerados os sites de raspagem. Eles coletam conteúdo de vários sites, salvam em um banco de dados, indexam e apresentam o conteúdo extraído ou raspado para os usuários na Internet. De fato, a maior parte do conteúdo raspado ou extraído pelos mecanismos de pesquisa possui direitos autorais.

Feito para publicidade:

Alguns sites de raspadores são criados para ganhar dinheiro online usando diferentes programas de publicidade. Nessas circunstâncias, eles são nomeados como sites Made for AdSense ou MFA. O termo depreciativo refere-se aos sites que não têm valor redentor que esperam atrair, atrair e envolver os visitantes dos sites especificados para obter cliques em anúncios. Os sites e blogs Made for AdSense são considerados o poderoso spam dos mecanismos de pesquisa. Eles diluem os resultados da pesquisa com resultados menos que satisfatórios. Sabe-se que alguns sites de raspadores apontam para outros sites e visam melhorar o ranking dos mecanismos de pesquisa por meio das redes de blogs privados. Antes do Google atualizar seus algoritmos de busca, diferentes tipos de sites de raspadores costumavam ser famosos entre especialistas em SEO e profissionais de marketing da Black Hat. Eles usaram essas informações para spamdexing e executaram uma variedade de funções.

Legalidade:

Sabe-se que os sites de raspadores violam as leis de direitos autorais. Mesmo tirar o conteúdo dos sites de código aberto é uma violação de direitos autorais, se feita da maneira que não respeita nenhuma licença. Por exemplo, as licenças GNU Free Documentation License e Creative Commons ShareAlike foram usadas na Wikipedia e exigiram que o republicador da Wikipedia informasse aos leitores que o conteúdo foi copiado da enciclopédia.

Técnicas:

As técnicas ou métodos em que os sites do raspador são direcionados variam de uma fonte para outra. Por exemplo, sites com grande quantidade de dados ou conteúdo, como eletrônicos de consumo, companhias aéreas e lojas de departamentos, podem ser rotineiramente segmentados pelos concorrentes. Seus concorrentes querem se manter informados sobre os preços atuais e os valores de mercado de uma marca. Outro tipo de raspador extrai trechos e o texto de sites com classificação alta para palavras-chave específicas. Eles tendem a melhorar sua classificação na página de resultados do mecanismo de pesquisa (SERP) e pegar carona nas classificações da página da web original. Os feeds RSS também são vulneráveis aos raspadores. Os raspadores são normalmente associados aos farms de links e são percebidos quando um site raspador é vinculado ao mesmo site repetidamente.

Seqüestro de domínio:

Os programadores que criaram sites raspadores podem comprar os domínios expirados para reutilizá-los para fins de SEO. Essa prática permite que os especialistas em SEO utilizem todos os backlinks desse nome de domínio. Alguns dos spammers tentam corresponder aos tópicos dos sites expirados e / ou copiar todo o conteúdo do seu arquivo na Internet, mantendo a autenticidade e a visibilidade desse site. Os serviços de hospedagem geralmente oferecem a facilidade de encontrar os nomes de um domínio expirado, e os hackers ou spammers usam essas informações para desenvolver seus próprios sites.